• Introdução

    Arborização Urbana

    As árvores desempenham um papel fundamental no meio urbano, gerando benefícios tanto para a população como para o meio ambiente. A arborização está diretamente relacionada com o bem-estar físico, psicológico e social das pessoas, uma vez que viabiliza maior convívio urbano e conforto aos espaços públicos. No meio ambiente, as árvores contribuem para a preservação da biodiversidade, melhoria da qualidade do ar e maior infiltração das águas pluviais.

    Pensar na arborização urbana ao planejar a cidade é de suma importância para prevenir problemas ambientais e para alcançar bons índices de desenvolvimento urbano.

     

    O que é um Plano de Arborização?

    Um plano de arborização é um instrumento que orienta o planejamento, execução e gestão da arborização urbana por meio de diretrizes de plantio e conservação das árvores em logradouros públicos, praças, parques e jardins para curto, médio e longo prazo. Geralmente, um plano de arborização abrange um inventário da vegetação existente, bem como critérios para escolha de espécies a serem plantadas, locais para plantio, etc.

    Cabe a gestão pública de cada município a implantação, desenvolvimento e manutenção do planejamento arbóreo da cidade, assim como sua relação com demais normas e planos locais, a fim de garantir a harmonia entre diversos agentes que influenciam na morfologia e dinâmica da cidade.

    Os planos de arborização podem, ainda, contar com forte participação da população, através de sugestões e opiniões a respeito da relação da população com as árvores da cidade.

  • O PAS – Plano de Arborização de Sobral

    O Plano de Arborização Urbana de Sobral (PAS) deverá ser integrado ao Plano Diretor Municipal assim como ao Plano de Mobilidade de Sobral e vir a contribuir para a construção de um ambiente urbano mais sustentável em prol da qualidade de vida da população local.

    Justificativa

    O plano justifica-se a partir da identificação das seguintes demandas da cidade de Sobral:

    1. O clima semiárido do município caracterizado pelas altas temperaturas.

    2. Arborização inadequada ou insuficiente em algumas regiões;

      – Áreas com potencial para incremento da arborização. Local da foto: Praça do Centro de Convenções de Sobral, CE. Fonte: Google Street View.

    3.  Identificação de alguns conflitos entre árvores, iluminação pública e patrimônio edificado;

      – As árvores, em determinadas situações, podem servir de barreiras visuais para o patrimônio edificado. Local da foto: Rua Conselheiro José Julio, Sobral, CE. Fonte: Google Street View.

    4. Meios de transportes sustentáveis (pedestres, ciclistas) prejudicados pela falta de arborização das vias.

      – Os meios de transporte nãomotorizados são prejudicados pela carência de arborização em determinadas vias. Local da foto: Av. Fernandes Távora antes, Sobral, CE.

    5. Crescente diminuição da biodiversidade da arborização urbana e presença marcante de espécies exóticas invasoras.

      – O nim indiano domina a paisagem urbana de Sobral. Local da foto: Av. Fernandes Távora antes, Sobral, CE.

    Objetivos gerais e específicos

    O plano tem como objetivo geral orientar as ações do poder público no planejamento, execução e gestão da arborização urbana, buscando proporcionar o aumento de áreas verdes através do estabelecimento de diretrizes de execução. Dentre os objetivos específicos, ressaltamos:

    a) Promover a arborização como instrumento de desenvolvimento urbano, qualidade de vida e equilíbrio ambiental;

    b) Fomentar a qualidade da arborização urbana de Sobral estabelecendo parâmetros técnicos e de planejamento para o plantio de árvores no contexto urbano;

    c) Estabelecer critérios para a escolha de espécies para arborização urbana, considerando suas características e a sua manutenção e priorizando o uso de espécies nativas da caatinga;

    Ipê Roxo

    Pau Branco

    Jucá

    Carnaúba

    Flor do Mulungu

    Muda de Cedro

    d) Integrar e envolver a população, visando à manutenção e a preservação da arborização urbana

    e) Promover a educação ambiental por meio das ações de arborização urbana

    f) Contribuir para a revisão e/ou reestruturação da legislação municipal em prol da proteção à vegetação urbana

    g) Valorizar e preservar o patrimônio paisagístico existente no município.

    Metodologia - Etapas e Produtos

    O Plano deverá ser elaborado em 5 (cinco) etapas

     

     

  • Plano de trabalho

    Cronograma

    Ficha técnica

    Governador do Estado de Ceará
    Camilo Sobreira de Santana

    Prefeito de Sobral
    Ivo Ferreira Gomes

    Secretário das Cidades
    Paulo Lustosa

    Secretária de Urbanismo de Meio Ambiente
    Marília Gouveia Ferreira Lima

    Superintendente da Agência Municipal do Meio Ambiente de Sobral (AMA)
    Jorge Vasconcelos Trindade

    Diretor de Parques e Jardins da Agência Municipal de Meio Ambiente de Sobral (AMA)
    Bruno Ary Ferreira

    Coordenadora da UGP da Secretaria das Cidades
    Carolina Gondim Rocha