• Grandes árvores de Sobral - Os tamarindeiros

    27 de junho de 2018

    A árvore Tamarindus indica, ou tamarindeiro, originária da África e cultivada desde há muito tempo na Ásia, foi introduzida no Brasil pelos portugueses durante a colonização. Foi tão apreciada pela sua sombra e seus frutos agridoces que até nos esquecemos de sua origem exótica ao vê-la crescendo em todos os biomas brasileiros.

     

    Foto 1: Tamarindeiro. Fonte: pt.pngtree.com

     

    Foto 2: Tamarindo. Fonte: http://www.mercafruty.com.br

    Inclusive, é um elemento histórico da arborização de Sobral, com alguns espécimes plantados há mais de 150 anos: são os tamarindeiros da praça São João, ao lado do teatro do mesmo nome. De fato, na foto mais antiga do edifício (3), construído entre 1875 e 1880, observa-se uma árvore já grande no jardim lateral do teatro, e outra foto (4) mostra ainda três árvores ladeando a praça.

    Foto 3: Teatro São João antes da construção da praça. Fonte: Acervo Nirez

    Foto 4: Teatro São João após construção da praça. Fonte: Desconhecida

    Foto 5: Tamarindeiro ladeando o Teatro São João. Fonte: Acervo Architectus

    Foto 6: Tamarindeiros na praça São João. Fonte: Acervo Architectus

    Estas árvores seguem no seu lugar histórico de plantio e podem proporcionar sombra aos visitantes da praça, que com o teatro constitui uma perspectiva emblemática da cidade.

    Foto 7: Vista emblemática de Sobral do Teatro São João. Fonte: Acervo Architectus.

    Além destes espécimes, destacam-se alguns tamarindeiros antigos em outros pontos da cidade, como as duas árvores ao lado da Câmara Municipal que aparecem numa foto de 1969 (8), e que ainda hoje arborizam o espaço ao lado do edifício.

    Foto 8: Vista aérea de Sobral com a Câmara Municipal. Fonte: Acervo Nirez

    Foto 9: Tamarindeiros ao lado da Câmara Municipal. Fonte: Acervo Architectus

    A permanência destas árvores na arborização urbana faz delas um verdadeiro patrimônio vegetal da cidade que, portanto, deve ser cuidado e preservado por todos.